Vereadores decidem suspender sessões ordinárias até abril

Vereadores decidem suspender sessões ordinárias até abril

Vereadores decidem suspender sessões ordinárias até abril

 

Os vereadores cratenses debateram, em sessão ordinária, acerca da continuidade dos trabalhos na Câmara tendo em vista a pandemia causada pelo novo coronavírus e os cuidados que devem ser tomados. O presidente da casa, Florisval Coriolano (PRTB) sugeriu que as sessões fossem suspensas por 15 dias e todos concordaram.

O vereador Amadeu de Freitas (PT) sugeriu que apesar de não haver sessão, os vereadores estejam disponíveis para servir a população e assim formem comissões para contribuir com as ações de combate ao coronavírus. 

Já o vereador Prof. Gilson (AVANTE) criticou o aumento nos preços de medicamentos nas farmácias cratenses. Segundo ele ao comprar um remédio em um desses estabelecimentos foi orientado a adquirir em grande quantidade pois haveria um  aumento de 20% no valor. Ainda de acordo com o vereador na farmácia central os medicamentos de alto custo estão sendo cortados, o que considerou desumano. 

A vereador Vicência (PMN), por sua vez, pediu o envio de ofício ao secretário de saúde solicitando que sejam suspensos os atendimentos por telefone pois os mesmos demoram a acontecer e a população não pode esperar por dias. Jales Veloso (PSB) ainda relatou que tentou um contato com a secretaria de saúde através de ligação telefônica e ninguém atendeu.

Uma comissão de cinco vereadores foi composta para acompanhar as ações de enfrentamento ao coronavírus a serem feitas pela Prefeitura de Crato. As sessões ordinárias só voltarão a acontecer no mês de abril.



 

 

37 visualização(ões)

Ultima visualização: 28/03/2020 05:55

## Saúde