Portadoras de fibromialgia reivindicam direitos na Câmara

Portadoras de fibromialgia reivindicam direitos na Câmara

Portadoras de fibromialgia reivindicam direitos na Câmara

 

A Câmara de vereadores voltou a se reunir em sessão ordinária na noite desta segunda-feira (02) sob a presidência de Florisval Coriolano (PRTB). O plenário recebeu a visita de um grupo de pacientes com fibromialgia que planejam criar uma associação em Crato.

A representante do grupo, Xênia Mitre, explicou do que se trata a doença e solicitou aos vereadores que as pessoas acometidas com a doença tenham atendimento preferencial nos órgãos públicos do município. 

Fibromialgia é uma doença crônica e tem como principal sintoma dores no corpo todo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. Junto com a dor, a fibromialgia também causa fadiga, distúrbios do sono, dor de cabeça, depressão e ansiedade.

O líder do prefeito na Câmara, Renan Almeida (PATRI), falou de um projeto de Lei de sua autoria, aprovada no segundo semestre de 2019, que garante aos portadores de fibromialgia a prioridade em filas sejam elas de bancos, farmácias ou supermercados. O direito é adquirido a partir da apresentação de uma carteirinha feita pela secretaria de saúde. O vereador explicou que para adquirir a carteirinha precisa ser apresentada a documentação necessária que é o comprovante de residência no Crato, identidade, CPF e um atestado médico além de exames comprobatórios.         

31 visualização(ões)

Ultima visualização: 28/03/2020 05:21

## Saúde